Revista Parum

Two Models

10.09.2021

Chic é ser diferente.

A Revista Parum sempre tráz informações sobre a mundo da perfumaria nicho indie para que você saiba tudo sobre ser diferente. 

Notas, Acordes, Produtos e Curiosidades

04/10/21

Aglaia Adorata

Aglaia, cujo nome cientifico é Aglaia odorata é também conhecida como Murta-do-campo e trata-se de uma árvore que tem floração constante.



Ela pode crescer até 8 metros de altura por 5 metros de diâmetro e possui copa com folhas não perenes.

É muito conhecida pelas suas perfumadas flores amarelo-creme.



A Aglaia pertence a espécie Maliacae e pode ser encontrada no Camboja, China, Indonesia, Myanmar, Taiwan, Thailandia, Viatinan e Laos.



É muitas vezes vendida como uma planta ornamental sob o nome de “Planta Perfumada Chinesa”.



Como muitas plantas originadas no oriente a aglaia é transformada em chás e unguentos que servem para energizar o espírito e tratar o corpo.



O primeiro perfume da Parum leva o absoluto de Aglaia em sua composição. Esse ingrediente acrescenta um odor de erva mate meio adocicado ao perfume, lembrando a refrescância matinais dos bosques.

Eduardo Santos

07/09/21

Perfume de Nicho

Nicho é uma palavra muito usada no marketing, traduz o conceito de separar em partes os consumidores de determinado produto. Cada parte tem suas características específicas. Todas as marcas, de algum modo, fazem trabalhos pensando em nichos, separando seus clientes em grupos para oferecer produtos e serviços mais adequados.

 Na perfumaria não é diferente. As marcas produzem produtos para atender um determinado público, ou seja, para agradar uma determinada fatia dos clientes usuários de perfume.

Quando uma empresa trabalha somente com um pequeno grupo, nicho, passa a ser chamada de perfumaria de nicho.

Ao focar em uma fatia menor do mercado, pode-se fazer algo diferente que jamais poderia ser feito para atender milhões de consumidores. Para agradar uma quantidade grande de pessoas as perfumarias conhecidas do mundo procuram atingir um preço definido no produto final, tentam usar produtos conhecidos e também investem muito em embalagens bonitas e marketing pesado. Isso acaba deixando os produtos meio parecidos, quem visita perfumarias percebe isso nos lançamentos.

Com um grupo menor é possível vender em poucos ou em um único lugar e não em milhares de lojas distribuídas pelo mundo. A PARUM, por exemplo, no começo venderá somente em seu site na internet.

Outra coisa que a perfumaria de nicho permite é uma maior utilização da criatividade, pois o perfumista não fica preso aos paradigmas de preço, duração da fixação, cor, embalagem ou qualquer outra forma de limitação. Como as possibilidades são muitas, geralmente a perfumaria de nicho produz em pouca quantidade, para equilibrar os custos, e isso acaba se traduzindo em exclusividade. Usar um perfume de nicho, de uma perfumaria quase desconhecida da grande massa é garantia de usar algo que muito pouca gente usa.

Por serem empresas menores, geralmente as perfumarias de nicho não possuem orçamentos muito grandes para propagandas, muitas casas não fazem propaganda alguma e contam com o “boca a boca” e um bom conceito como divulgação, em compensação os produtos costuma ser equilibrados, diferentes ou exóticos.  Sem os altos gastos da propaganda e da distribuição é possível investir em matérias primas de excelente qualidade, muitas vezes naturais.

A perfumaria de nicho não é nem melhor nem pior que aquela que atende a grande parte da população, é apenas diferente.

O que é bom na perfumaria de nicho é que ela é pessoal, os perfumes geralmente nascem de um momento, de uma história e como os volumes são bem menores, esse momento ou história pode ser contado pelo próprio perfumista ao cliente e o perfume deixa de ser um produto e passa ser um marco.

Eduardo Santos

01/06/21

Destilação a Vapor

Óleos essenciais são compostos em sua maioria por terpenoides voláteis, produzidos pelo metabolismo secundário de plantas aromáticas.
O método mais utilizado para extração de óleos essenciais das plantas, sementes, raízes e flores é a destilação a vapor.
Neste processo, o material submetido à ação do vapor d’água que é responsável por extrair o óleo presente.
Em outras palavras, o vapor d’água passa pelos tecidos da matéria-prima e arrasta o óleo contido em suas glândulas, depois disso o vapor é condensado e separado.

Eduardo Santos

29/09/21

Concentração

Toda vez que se fala sobre perfumes sempre se esbarra no assunto concentração.

Para falar sobre isso é preciso dizer que tecnicamente o perfume é um material, ou seja, uma porção de matéria com mais de uma substância.

Podemos separar seus componentes em dois grandes grupos:

O primeiro grupo é o que pode-se chamar de veículo ou suporte, são as substâncias químicas com funções práticas, como diluentes, solventes, bactericidas, conservantes, água, etc.

O segundo grupo chamamos de essências, ou seja, são as substâncias que imprimem ao perfume o seu odor característico.

Geralmente, quanto maior a concentração de substâncias desse segundo grupo, mais forte, ou acentuado, ou duradouro e ou ainda mais marcante é o perfume.

Não podemos de forma alguma cometer o erro de dizer que existem perfumes melhores ou piores baseando-se na concentração. As diferentes concentrações servem a propósitos e gostos diferentes e pode-se encontrar excelentes perfumes em todas as concentrações.

A Parum, por exemplo, irá lançar seu primeiro perfume na concentração “Perfume”, trata-se da segunda concentração mais alta utilizada na perfumaria onde, do total do perfume, entre 15% e 20% é composto de óleos essenciais ou substâncias odoríferas. Encontramos perfumes com concentrações ainda maiores, com até 40% de essências, mas nesse caso são chamados de “Extratos”. Esse tipo de perfume requer uma certa discrição na utilização, para que não cause desconfortos.

Acompanhando a baixa da concentração das essências encontramos o EAU de Perfume que tem uma concentração entre 10% e 15%, logo depois vem EAU de Toilette com concentrações que variam de 5% a 10% e por último EAU de Cologne com concentrações entre 3% e 5%. Em alguns países do mundo, incluindo o Brasil, uma concentração ainda menor deu origem a alguns perfumes que foram classificados como “Deocolonia” com concentração em torno de 1%.

Quem gosta de estar perfumado pode lançar mão das várias concentrações para usar perfumes com sabedoria. De que adianta usar um perfume superconcentrado quando se vai à praia ou ao clube? Em pouco tempo estará todo molhado e aquele odor maravilhoso estará totalmente diluído nos milhares litros de água da piscina ou milhões do mar. Nesse caso é inteligente utilizar as concentrações mais baixas, ficando perfumado na ida, entre os banhos e na volta, repondo o seu perfume convenientemente.

Eduardo Santos

10/08/21

Proposal In Paris

Os cheiros do restaurante, das madeiras dos móveis, da comida servida das bebida que borbulhavam nos copos sobre a mesa e o doce do perfume que repousava sobre a pele da pretendida foram as inspirações para esse perfume.

Alecrim, Laranja, Canela, Algodão Doce, Ylang Ylang, Framboesa, Baunilha, Patchouly e Musks, entre outras fragrâncias, traduzem esse momento tão lindo.

Eduardo Santos

01/12/20

Tuberosa, indescritível.

A Polianthes tuberosa, ou Angélica, é uma planta bulbosa de flores brancas e perfumadas que simboliza a pureza.
Uma intensa fragrância floral branca, carnal, doce e indólica, com nuances verdes.

A tuberosa é de origem indiana e mexicana e foi introduzida na Europa por volta de 1500. É uma planta herbácea com bulbo, grandes caules florais e cachos de flores brancas muito perfumadas. Atualmente, é cultivada principalmente na Índia e, em menor escala, no Egito e na França.

Por razões de baixa produção e deterioração de seu aroma, as flores, colhidas manualmente, não são destiladas a vapor. O absoluto das flores é, portanto, extraído por solventes voláteis.

Eduardo Santos

28/09/21

A Doce Baunilha

Falando sobre o primeiro perfume  lançado pela PARUM no mercado, falaremos de mais uma nota que o compõe. A Baunilha.



Há muitos anos conhecemos a baunilha, usamos na culinária e também na perfumaria. A palavra Baunilha vem do latim Vagina e quer dizer vagem, pois o cheiro característico que conhecemos vem das sementes que ficam acondicionada dentro da vagem dessa orquídea.



A baunilha é a segunda especiaria mais cara do mundo, só perde para o açafrão. Nas perfumarias usa-se a Baunilha Absoluta, a forma mais concentrada de baunilha natural. Ela serve de nota base, com longa duração.



Apesar de existir 150 variedades de orquídeas de baunilha, apenas duas são usadas comercialmente, Bourbon e Tahitian.



A variedade Bourbon cujo nome cientifico é Vanilla Planifolia é a mais usada na perfumaria pois produz o absoluto mais intenso. As vagens são colhidas verdes depois de 6 meses e passam por um processo de fermentação e secagem o que origina as favas marrons que conhecemos. O resinoide ou o absoluto são obtidos através de um processo de extração ou com solventes aplicados sobre os grãos encontrados dentro das vagens já tratadas.



O absoluto usado em nosso perfume é um líquido viscoso de cor marrom e com odor doce e balsâmico.

Eduardo Santos

12/07/21

Camomila Romana

Uma das notas que compõe nosso perfume No Royal Blessing é um ingrediente mágico, o óleo essencial de Camomila Romana.
O nome Camomila deriva da expressão grega “Kamai Melon” que significa “Maça da Terra”. O nome científico é “Anthemis Nobilis”.
Os antigos egípcios usavam a planta em consagrações ao Deus Sol Rá e os médicos gregos a prescreviam para tratar todo tipo de febre e também para umidificar o corpo. Os saxões a chamavam de “Maythen” e a considerava sagrada.
Essa planta é há muito tempo conhecida por seus poderes curativos e pelo chá que é feito de suas partes.
A Camomila Romana foi usada nesta composição como uma nota de coração ou de meio se preferir. Acrescenta uma pitada floral, ligeiramente quente e um pouco frutada à mistura.

Eduardo Santos